Digital

Prestashop VS Shopify: Qual a melhor opção para a sua marca? 

O PrestaShop e o Shopify são plataformas de comércio online semelhantes, mas não tanto! Saiba qual a melhor para o seu negócio.

Texto de
Inês Paraíso, Ricardo Ferreira, João Santos
Publicado
em 13 de Abril de 2022

Está a pensar vender os seus primeiros produtos online? Quer migrar os produtos do seu website ou rede social para uma plataforma de comércio online melhor? 

Qualquer uma das situações é válida e viável. Neste artigo vamos comparar as plataformas de comércio online Prestashop e Shopify. 

Também falámos com os nossos web developers sobre qual a solução mais intuitiva e adaptável para os diferentes negócios, porque na MD3 STUDIO estamos à altura de qualquer desafio web. Ver portfólio.

O que é PrestaShop e Shopify?

À primeira vista, o PrestaShop e o Shopify parecem muito semelhantes. Tanto o PrestaShop como Shopify permitem construir e personalizar uma loja online, adicionar e comercializar produtos, aceitar pagamentos, gerir e completar encomendas e dar aos clientes a funcionalidade de carrinho de compras online. Em geral, o PrestaShop e o Shopify são plataformas com tudo incluído.

Há uma grande (e importante) diferença.

O Shopify é uma plataforma totalmente hospedada e disponível com base numa subscrição paga. Por outras palavras, o Shopify hospeda a loja online e gere a segurança, actualizações e manutenção pela taxa de subscrição que paga para aceder ao software.

O PrestaShop, por outro lado, é uma plataforma de código-fonte aberto. 

O PrestaShop é gratuito para descarregar, mas deve ser utilizado a  instalado. É necessário encontrar e pagar pelo alojamento web e efectuar a manutenção e actualizações, conforme necessário. Como software de código aberto, o PrestaShop permite o acesso ao código, permitindo editar e ajustar de acordo com as necessidades dos clientes.

PrestaShop vs Shopify: Prós e Contras

👍 PrestaShop 

Personalização

  • O Prestashop oferece mais capacidades de personalização significativas.
  • Como plataforma open-source, tudo no PrestaShop pode ser completamente editado, modificado e personalizado para cada negócio. 
  • O PrestaShop não só inclui impressionantes funcionalidades integradas out-of-the-box, como é uma plataforma que tem a capacidade de alterar e ampliar significativamente as funcionalidades. 
  • O número de temas e módulos no mercado PrestaShop é verdadeiramente impressionante - o que significa que se houver uma funcionalidade ou ferramenta que sepretenda  acrescentar, é mais do que provável a encontre disponível.
  • Uma das mais notáveis opções de personalização que o PrestaShop oferece é o processamento de pagamentos. O PrestaShop permite integrar-se com uma variedade de fornecedores de pagamento e não cobra taxas adicionais de processamento de cartões de crédito.

Capacidades internacionais

  • Enquanto o Shopify oferece apenas características mínimas para vendas internacionais, o PrestaShop oferece uma variedade de acomodações concebidas especificamente para o comércio online internacional. 
  • Algumas das características embutidas do PrestaShop incluem múltiplas línguas e capacidades monetárias, bem como opções de checkout para impostos internacionais e envio. 
  • Com todas as diferentes opções de processamento de pagamentos que o PrestaShop oferece, os comerciantes internacionais podem escolher a que funciona melhor. Esta característica contrasta em grande medida com o Shopify, que cobra uma taxa de transacção extra se não utilizar o Shopify Payments (disponível com limitações para alguns países).

👎 PrestaShop 

  • Como qualquer pessoa pode criar e vender módulos PrestaShop com o seu próprio desenvolvimento web, é provável que surjam problemas técnicos quando o utilizador tenta criar uma loja online sozinho. Confie num profissional de desenvolvimento web para fazer este trabalho. 
  • Sendo uma plataforma de código aberto que requer trabalho de desenvolvimento, o custo do PrestaShop é imprevisível e pode variar muito dependendo do negócio e da situação específica. 
  • O Prestashop necessita do seu próprio alojamento, domínio da web e de garantias externas de segurança para vendas online. 

Embora o PrestaShop possa ter mais para oferecer quando se trata de personalização e venda internacional, há duas áreas onde o Shopify ganha na comparação PrestaShop vs. Shopify.

👍 Shopify

Usabilidade

  • No que diz respeito à facilidade de utilização, talvez nenhuma plataforma de comércio online possa competir com o Shopify.
  • O Shopify é fácil de usar e compreender e permite aos utilizadores ter uma loja online pronta a funcionar rapidamente.
  • Além disso, como uma solução totalmente hospedada com um construtor de web drag-and-drop, o Shopify é acessível a empresários de todos os níveis de habilidade e experiência, permitindo criar, personalizar e gerir a loja Shopify sem qualquer conhecimento técnico ou codificação. 

Predictibilidade

  • O Shopify tem mais transparência de custos. Embora o custo do Shopify dependa do plano do negócio, opções adicionais e processamento de pagamentos, torna-se mais facil de prever o preço final a pagar para utilizar a plataforma.
  • Antes de seleccionar um plano Shopify, sabe que características estão incluídas e quanto custará mensalmente. Se algo estiver em falta e precisar de comprar um suplemento, pode considerar isso no seu custo total antes do tempo.
  • Da mesma forma, se utilizar o Shopify Payments, sabe quanto lhe será cobrado por transacção, e embora pague mais se utilizar um fornecedor de serviços comerciais de terceiros, o Shopify informa-o antecipadamente sobre as especificidades deste custo.

👎 Shopify 

  • Se precisar de todos os recursos do Shopify, este pode apresentar um custo mensal muito elevado.
  • Tem poucos temas gratuitos disponíveis. As opções de personalização não são tão extensas quanto as do PrestaShop.
  • A plataforma de blog embutida é bastante básica.

O que dizem os nossos web developers

 

Ao longo dos últimos anos, temos desenvolvido lojas online para os nossos clientes em ambas as plataformas Shopify e Prestashop. 

O maior desafio com que nos deparamos é que todos os clientes querem adaptar a loja online à identidade visual da sua marca (e ainda bem!). 

Os clientes desejam que as suas lojas online se destaquem das demais, que sejam incluídos plugins para gestão de stock, faturação, restrições para alguns países, bloqueio de captação de imagens, entre tantas outras funcionalidades; e isso implica muito trabalho de adaptação de design e de programação. 

É tentador que se opte por uma solução do tipo Shopify pois é uma solução pronta a usar e tem uma curva de aprendizagem bastante reduzida para o utilizador da loja, porém a quantidade de subscrições e gastos mensais que são necessários para uma loja online em crescimento são enormes. Uma solução Prestashop poderá parecer mais dispendiosa num curto prazo, porém retorno do investimento inicial é facilmente atingido quanto maior for o crescimento e duração do negócio.

Ricardo Ferreira, web developer

Podem ser consideradas várias variáveis para tomar a melhor decisão sobre qual a melhor opção a escolher: Prestashop ou Shopify. 

No caso de ser um negócio num estágio inicial, ainda com pouca faturação e para ficar online rapidamente pode-se optar pelo Shopify. É rápido e fácil de iniciar uma loja online com bastantes temas e módulos disponíveis, mas pagos.

No entanto, se for expectável que possa vir a ter dimensão e faturação considerável poderá ser melhor optar por Prestashop que permite maior personalização e escalabilidade, para além de não ter taxas na loja online.

Fazer a transição de um sistema para outro é algo que não deve ser feito e por essa razão a escolha inicial é importante.

João Santos, web developer

Qualquer que seja a decisão: Prestashop ou Shopify (e, também, Woocommerce), temos a equipa certa para responder aos diferentes desafios de desenvolvimento web na criação de lojas online adaptadas à marca, apelativas e escaláveis. Fale connosco.

 

author-image

Este artigo foi escrito pela Inês Paraíso, Marketing & Communication Manager da MD3 STUDIO.

A Inês procura novas oportunidades para mostrar o trabalho do Studio e da MD3, inclusive nas redes sociais internas. Também, é Community Manager de alguns dos nossos clientes! Ela gosta imenso de escrever e tem o dom de passar as ideias a palavras. Aliás, ela diz que as palavras são sempre mágicas e têm o poder de revelar mundos!

&
author-image

Este artigo foi escrito pelo Ricardo Ferreira, web developer da MD3 STUDIO.

O Ricardo é apaixonado por front-end e back-end e dá vida a qualquer desafio das nossa designers e, claro, clientes. Aliás, em pouco tempo dá resposta aos desafios profissionais nunca antes ultrapassados. Adora felinos e é pró a encontrar os melhores memes sejam eles de gatos ou não. Viva ao seu sentido de humor!  

&
author-image

Este artigo foi escrito pelo João Santos, web developer da MD3 STUDIO.

Quando o João mergulha no trabalho, seja em front-end ou back-end está concentrado nas diferentes tarefas e é rápido a resolver problemas ou dar resposta aos desafios dos nossos clientes, sempre com a maior calma que possa existir.